O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa ao fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.

O programa funciona no Brasil há mais de 20 anos, tendo atendido aproximadamente 70 mil empresas em todas as unidades federativas, e já foi premiado internacionalmente como um dos melhores projetos para o desenvolvimento de micro e pequenas empresas, pelo ICC (International Chambers of Commerce), em Paris.

O que reflete com fidelidade o espírito do Programa é a forma de associativismo que ele propõe. Por ela, ninguém é obrigado a participar de um núcleo setorial. O convencimento vem pela nova visão de parceria, na qual o concorrente, longe de ser um competidor, é um cooperador de seu concorrente. E ainda com um diferencial: todos ganham.

 

FOCO NA GESTÃO

 

Ao adotar um modelo adequado de gestão, as organizações caminham para o desenvolvimento em vários aspectos. Ao trabalhar de forma organizada e associativa possibilitam o estabelecimento de metas comuns, de médio e longo prazos, geram coesão grupal e auxiliam no desenvolvimento de seus objetivos.

•Melhoria das técnicas de gestão empresarial;

•Fortalecimento da cultura associativista;

•Incentivo a inovação;

•Desenvolvimento técnico e aprimoramento da gestão produtiva; 

•Conquista de novos mercados•Incentivo ao uso da Lei Geral.

 

OBJETIVO

 

•Promover o aumento da competitividade das empresas beneficiadas pelo projeto, por meio do associativismo e organização setorial.

 

•Estimular o aprimoramento das técnicas de gestão das empresas, por meio de sua organização em núcleos setoriais e utilização da metodologia do Programa Empreender;

 

Com poucas políticas na época voltadas ao desenvolvimento das empresas, o EMPREENDER revolucionou a economia local, com uma metodologia focada no associativismo as empresas passaram a ver e entender o mercado e a concorrência de outra maneira. A IDEIA DE CRESCER EM CONJUNTO COMEÇOU A MOTIVAR O EMPRESÁRIO LOCAL.

 

COMO COMEÇOU?

 

Alagoas foi um dos primeiros estados do Brasil a implantar o Projeto Empreender. Em 2004 foram criados alguns núcleos setoriais como: PANIFICAÇÃO, MARCENARIAS, ÓTICAS, AUTOMECÂNICAS, PRÓTESE DENTÁRIA, LAVA JATO, CABELEIREIROS, CONTADORES, MODAS, ARTESÃS, etc.

EVOLUÇÃO

 

A evolução do programa no Estado, foi impressionante! Com a aplicação da metodologia , os resultados apresentados pelas empresas e o apoio do SEBRAE, o Projeto ganhou força e percorreu os municípios do Estado de Alagoas. Em 2009 já estava presente em 12 municípios.

 

NOVO RUMO

 

O projeto obteve tanto sucesso no Estado que passou a ser autossustentável em alguns municípios e ganhou força e representatividade junto a instituições públicas e privadas.

 

METODOLOGIA ÚNICA

 

Os núcleos setoriais são grupos de empresas de um mesmo segmento que se reúnem periodicamente nas Associações Comerciais. Nos núcleos, os empresários, com o apoio de um consultor, cujo papel principal é o de moderar as reuniões, discutem problemas comuns e buscam soluções conjuntas. O diferencial de tantos outros programas é que no Empreender as soluções vêm “de baixo para cima”, ou seja, são apontadas e executadas pelos próprios empresários.

 

VISÃO ASSOCIATIVISTA

 

O que reflete com fidelidade o espírito do Programa é a forma de associativismo que ele propõe. Por ela, ninguém é obrigado a participar de um Núcleo Setorial, o convencimento vem pela visão de parceria, na qual o concorrente torna-se um parceiro para o desenvolvimento dos seus negócios.

Fale conosco

Tel: 082 3597 8550 | Fax: 3507 8563

E-mail: federalagoas@federalagoas.com.br
Endereço​​​​​​: Rua Sá e Albuquerque, 467, Jaraguá

               Maceió - Alagoas - CEP: 57025-901

  • Instagram Social Icon
  • Google ícone social Places
  • Facebook Social Icon

© 2023 Todos os Direitos Reservados a Federalagoas

CACB